quinta-feira, 24 de março de 2011

SER CRISTÃO É SER EXEMPLO!!!

“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza”. I Tm 4:12
Juventude é tempo de alegria, de planos e de projetos para o futuro.
Ser jovem é sinônimo de vida, de disposição para o trabalho e força para enfrentar os desafios.
Ser jovem cristão é usar tudo isso para Deus, em prol do engrandecimento do seu Reino.
Gostaria de nessa palavra, me dirigir a todas as pessoas que são jovens, para incentivá-los a colocarem as suas vidas à disposição do Reino de Deus. Para que isso seja uma realidade em nossas vidas, muitos desafios virão. Com certeza o inimigo de nossas almas não fica satisfeito quando um jovem ou um adolescente toma a decisão der ser fiel ao seu Senhor DEUS.
O desafio de ser DIFERENTE não é fácil de ser vencido.
Ser diferente engloba vários outros aspectos da vida: Ser CRITERIOSO, SÓBRIO, PURO e entre outras situações, se enquadrar dentro do modelo que é mencionado no versículo citado no início.
Normalmente, pensa-se que o jovem não foi chamado a assumir nenhuma responsabilidade. Todavia, a Bíblia nos mostra que não é bem assim. Tome-se como exemplo o jovem Timóteo.
Qualquer jovem pode ser usado por Deus, basta querer ser desafiado a colocar sua vida em função do Reino de Deus.
Não se preocupe se você não se vê como a pessoa mais indicada para fazer este ou aquele serviço na obra de Deus.
A Bíblia diz que é Deus quem nos capacita para fazer a sua obra. Portanto, Deus só que ouvir de cada um de nós o que disse o profeta: “eis aqui Senhor, envia-me a mim”.
Portanto, Jovem, deixa Deus te usar!
Deixa Deus te mostrar o que Ele é capaz de fazer com uma vida que se põe à sua disposição, entrega-te também ao colo da virgem Maria ela que se lançou nos braços jovem para trazer a salvação do mundo.
“Seja jovem sem deixar de ser santo”
Sou simplesmente a jovem que sou, não sou diferente é isso que eu sou, Desengonçada, apressada, confunsa tantas coisas, eu sei, não nasci sabendo, tenho o direito de errar. Nunca me escutam falar, nem me perguntam como estou Se vivo suspirando, cantando ou calada em meu silêncio aqui Acham que estou doente, não sabem a minha inquietação. Às vezes me criticam porque não curto o que nem sei entender A minha timidez é assim, sei que incomoda, eu não lhe culpo por mim Mas eu acredito que eu posso o mundo mudar. Quando eu confusa estou e uma decisão terei que tomar Sinto o meu semblante abater, maturidade eu ainda não sinta em meu ser Mas se estás comigo, já não irei vacilar.
                                              SER SANTO SEM DEIXAR DE SER JOVEM...
SANTOS DE CALÇA JEANS...

Nenhum comentário:

Postar um comentário